Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \18\UTC 2012

para Virna.

logo ali, bem antes de disparar um riso e ajustar os óculos de armação vermelha, avisa: nunca me imaginei com uma gabardina fúcsia e havaianas de oncinha em uma praia. eu digo por mim tudo bem. eu geralmente me divirto muito com suas histórias de safári, amigos transgêneros, aulas de tiro e babás criminosas citando o eclesiastes faca em punho. eu apoio tudo o que você faz. deve ser coisa  de astrologia, alguma lua atravessada bem na frente do meu mercúrio. silêncio. vamos quebrar o silêncio, então, com uma conversa como se fosse um primeiro encontro. eu me apresento primeiro: olá, meu nome é carlos, nasci num abril de 69 numa vila operária sem operários, uma vida comum, mas a crença de um futuro promissor. hoje sou bem-sucedido em quase tudo, passo férias em lipa noi, tailândia. meu último projeto diz respeito a publicar um livro para ajudar a explorar melhor o potencial das pessoas. meu lado humanista, sabe? enfático, quase trincando os dentes, quase socando o ar, quase molhando os dedos com o drink que escorre, muito gelo, as pontas dos dedos chamuscadas, olhos como um radar inquieto num trezentos e sessenta graus pelo jardim. e agora é você, seu lado da brincadeira. o que tem feito? por onde anda? cada detalhe precioso quando balança a cabeça, gargalha e entrega. voltei novamente a edimburgo. odeio o clima de edimburgo, mas adoro edimburgo. conheci “little sparta”, o mundo meticuloso de finlay. gosto de projetos. gosto do jeito que ele montou sua posteridade, mesmo que ninguém veja, que ninguém vá a lanarshire, mesmo que não se chegue ao mercadinho do bairro e não encontre café solúvel, tabletes de tempero ou víceras. come-se víceras em qualquer lugar do mundo, sabia? estou de volta, tudo está tão claro, agora. vamos pensar alguma coisa juntos. a minha fala, quem sabe, atravessa a sua com suavidade. mais dois drinks desses com muito gelo que deixa a ponta dos dedos chamuscadas e não se volta hoje para casa. mais duas luas atravessando mercúrio ou vênus ou libra ou qualquer um que rege. mais dois minutos e estamos bem.

Read Full Post »